6 fatores que você precisa aceitar agora para sair da inércia

+ LEIA O EPISÓDIO 01: Como ter um estilo de vida mais criativo?

Existem alguns fatores muito acessíveis para você canalizar a sua atenção naquilo que realmente importa, e ao mesmo tempo estar em um fluxo contínuo de inspiração. Pois então vamos à lista (como esta é a continuação da série, começaremos pelo item 06).

06. Desvende o propósito das coisas que você faz

O que te inspira fazer determinada coisa?! Não precisa ter sempre um significado profundo e existencial. Lide com os significados simples! Eu, por exemplo, não consigo trabalhar em um ambiente bagunçado. Então o propósito de arrumar a minha sala é ter um ambiente agradável para trabalhar.

Aí você vai aumentando os níveis de complexidade. Provavelmente você identificará ações que não têm propósito algum. Aos poucos você vai criando um mapa muito claro das direções que você pretende traçar ou mudar na sua vida. Um exemplo bem simplista: “Porque estou neste trabalho?!” A resposta pode ser: “Pelo dinheiro, mas eu odeio fazer isso!”… Hmmmmm…. Talvez este não seja um propósito muito inspirador, concorda?!

Mas Tinno, como posso adquirir propósitos inspiradores e mudar aquilo que eu não vejo propósito algum?! Veja item abaixo.

07. Não tenha medo do desconhecido

Não existe uma cartilha para a pergunta do item acima. Mas com absoluta certeza este é o fator que estagna 99,9% das pessoas que se sentem passando por algum tipo de crise: O medo do desconhecido.

No item 04 do episódio 01, falei sobre assumir riscos. E assumir riscos está diretamente relacionado a enfrentar o desconhecido, que inevitavelmente te trará algum tipo de medo. É um movimento bastante desafiador, que se opõe à sua famigerada zona de conforto.

Falando em zona de conforto, cata só o video fofo que eu encontrei na internet, que explica perfeitamente este fator 07.

Não descobri o nome de quem fez o video, então caso você saiba de quem é (ou seja o criador dele), por favor, entre em contato comigo para que eu passa creditá-lo devidamente! 
</p>
          </div>

          <div class=